Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

.: 127. PS, I Love You, Cecilia Ahern

422 páginas

 

Sinopse:

Quase todas as noites Holly e Gerry tinham a mesma discussão - qual dos dois se ia levantar da cama e voltar tacteando pateticamente o caminho de regresso ao apetecível leito? Comprar um candeeiro de mesa-de-cabeceira parecia não fazer parte dos planos, e assim o episódio da luz repetia-se a cada noite, num rito conjugal de pendor cómico a que nenhum desejava pôr termo. Agora, ao recordar esses momentos de pura felicidade, Holly sentia-se perdida sem Gerry. Simplesmente não sabia viver sem ele. Mas ele sabia-o, conhecia-a demasiado bem para a deixar no mundo sozinha e sem rumo. Por isso, imaginou uma forma de perpetuar ainda por algum tempo a sua presença junto da mulher, incentivando-a a viver de novo. Mas como se sobrevive à perda de um grande amor? Holly ter-nos-ia respondido: não se sobrevive! Mas Holly sobreviveu!

 

Opinião:

Com este livro quebrei uma tradição: vi o filme antes de ler o original. Não gosto muito de o fazer, porque já parto para o livro com uma ideia pré-concebida de como são as personagens... e ler deve servir para pôr a imaginação a trabalhar.

No entanto, esta excepção à regra não tornou a leitura decepcionante. Livro e filme são muito diferentes, mas igualmente muito bons. O facto de já conhecer a história não retirou nenhum interesse ao livro, que adorei. Foi devorado em poucos dias e fiquei extremamente satisfeita com o estilo de escrita da autora e com a forma como a história se desenrolou. Este é um livro que nos consegue levar às lágrimas tanto nas passagens mais tristes como nos capítulos mais divertidos. Faz pensar sem ser demasiado lamechas nem deprimente. Uma óptima leitura.

Sílvia às 17:08
link | comentar
Sábado, 12 de Abril de 2008

.: 78. Can You Keep a Secret?, Sophie Kinsella :.

364 páginas

 

Emma is like every girl in the world. She has a few little secrets: from her mother, her boyfriend, fer colleagues, her best friend.
Secrets she wouldn't share with anyone in the world, like: "My G-string is hurting me"! ... until she spills them all to a stranger on a plane.

 

At least she thought he was a stranger...

 

Sílvia às 11:34
link | comentar
Domingo, 18 de Março de 2007

.: 17. The Undomestic Goddess, Sophie Kinsella :.

416 páginas

 

Samantha is a high-powered lawyer in London. She works all hours, has no home life, and cares only about getting a partnership. She thrives on the pressure and adrenalin. Until one day... she makes a mistake. A mistake so huge, it'll wreck her career.

She walks right out of the office, gets on the first train she sees, and finds herself in the middle of nowhere. Asking for directions at a big, beautiful house, she is mistaken for the interviewee housekeeper and she finds herself being offered the job. They have no idea they've hired a Cambridge-educated lawyer with an IQ of 158 - Samantha has no idea how to work the oven.

 

Disaster ensues. It's chaos as Samantha battles with the washing machine... the ironing board... and attempts to cook a cordon bleu dinner. But gradually, she falls in love with her new life in a wholly unexpected way.

 

Will her employers ever discover the truth?

Will Samantha's old life ever catch up with her?

And if it does... will she want it back?

  

Sílvia às 16:54
link | comentar