Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

.: 12. Responde-me, Susanna Tamaro :.

173 páginas

 

Constituído por três histórias, encena viragens dramáticas e de certa forma fundamentais na vida de cada homem ou mulher na busca de um sentido para a existência. Entre as personagens, muitas são crianças expostas a condições de grande violência e abandono, e em todas transparece um desespero extremo, mas também um extraordinário sentido de responsabilidade perante o facto de estar vivo. Existe um fio condutor, uma contiguidade, que permite explorar os abismos sombrios e cumes luminosos da natureza humana. E ela fá-lo sem medo, sem contemplações , extraindo deles uma formidável energia que pode ser pura destruição, mas que Susanna , quase alquimicamente, transforma em energia amorosa.

 

Sílvia às 14:18
link | comentar