Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

.: 105. A Mão de Rasputine, William M. Valtos :.

350 páginas

 

Uma mão cortada aparece num cofre que não é aberto há mais de 50 anos. Uma nota, escrita em esloveno num pedaço de pano, diz que é a mão de Rasputine: o monge lendário que foi em tempos o homem mais poderoso do império russo. Considerado por muitos como um homem de Deus ou mesmo um santo, Rasputine é visto por outros como um charlatão bêbado e sedutor. No entanto, Rasputine está morto desde 1916 e a mão sangra como se tivesse sido separada do braço há apenas algumas horas. Os fieis acreditam que se trata de uma relíquia com poderes curativos, mas todos os que entram em contacto com a mão, vão morrendo misteriosamente... A investigar este mistério está Victor Rhostok, que se vê envolvido com uma jovem viúva à procura de redenção pelos seus pecados, e em cujo passado pode estar a chave de todo este mistério. Este é um campo de batalha onde se confrontam ciência e religião, falsos profetas e emissários de Deus. Um thriller a não perder.

 

Sílvia às 20:38
link | comentar
:
De Isabel a 10 de Setembro de 2009 às 16:56

Este livro está esgotado.

Se souber de alguém que o queira verder, mesmo usado, mas em bom estado agradeço o contacto

Comentar post