Terça-feira, 24 de Julho de 2007

.: 53. Balada de Amor ao Vento, Paulina Chiziane :.

149 páginas

 

Sarnau e Mwando protagonizam esta estória de amor. Da juventude à idade madura, com eles percorremos os dias, os meses, os anos, os encontros e os desencontros, a dolorosa separação, o desespero, o sofrimento e a alegria, as lágrimas e os sorrisos. Atravessamos cidades e aldeias, convivemos com a tradição, aprendemos os costumes e os hábitos de um povo. Sarnau vai crescendo e amadurecendo sob o nosso olhar. Impossível não admirar a coragem, a determinação, o orgulho e a humildade, a firmeza e o carácter desta mulher. E a sua fidelidade, mesmo nas circunstâncias mais adversas, ao amor. Ao seu primeiro e único amor. Mas haverá um reencontro? Serão Sarnau e Mwando capazes de apagar um tão longo e trágico passado? Existirá ainda para eles um futuro a partilhar? «Tu foste para mim vida, angústia, pesadelo. Cantei para ti baladas de amor ao vento. Eras para mim o mar e eu o teu sal. No abismo, não encontrei a tua mão.» Sarnau, tu que assim falaste a Mwando, chegarás a encontrar um pouco de paz? Voltarás a conseguir esboçar no rosto o teu lindo sorriso, há muito perdido no tempo? Abrirás enfim os braços para neles abrigares o amor? Ouvirás a melodia que o vento espalha no universo?

 

Sílvia às 22:05
link | comentar
:
De robbiewilliams1023 a 25 de Julho de 2007 às 05:51
Adorei o teu texto.. =)
Lindooooo.. =)

Obrigada pelo comentario no meu.
Sempre que quisers, passa lá.
De Sílvia a 25 de Julho de 2007 às 12:33
O texto não é meu, neste blog limito-me a introduzir os textos que aparecem na contracapa dos livros. Mas obrigada, de qualquer forma
De Pedro a 30 de Julho de 2007 às 15:47
Ola Sílvia,


Achei que isto lhe podia interessar:
http://templates.blogs.sapo.pt/4779.html

Escrevi-o depois de ter visto o Mundos de Papel, que está óptimo :-)

De Sílvia a 30 de Julho de 2007 às 18:52
Obrigada pela dica, assim sempre fica mais bonitinho

Continuem com o bom trabalho
De Gerson antonio mojane a 1 de Março de 2012 às 21:54
Sem argumentos exprimo, que obra interesante,mwando e sarnao mergulhados no amor.
De Nélo Moiane a 28 de Dezembro de 2012 às 17:25
Essa obra me deu inspiração de um dia Eu ter uma livro, espero que Eu consiga . . .
De João a 19 de Junho de 2013 às 11:24
Nao comento,porque quêm escreve nao escreveu com duvida,com pressa e etc.
De Enoque Salvador Mazanga a 19 de Novembro de 2013 às 08:41
Gostei muito do texto forca dona Paulina a frescar as nossas mentes
De ALBERTO ANTONIO a 2 de Maio de 2014 às 06:19
É um livro muito bonito pelas palavras que nela tem ate fiquei emocionado parabens continue assim trazendo as tuas imaginacoes pra nós .força
De Isaura da suzana wane a 22 de Junho de 2015 às 08:35
Obra muito interexante acima d tudo, muito emocionante

Comentar post